3 comentários:
De Paulo Sousa a 21 de Fevereiro de 2012 às 23:57
O estado português está falido porque os seus gestores decidiram de acordo com a vontade dos portugueses.
O período de negação que ainda vivemos resulta exactamente disso. 90% dos portugueses que têm opinião acham que o Estado devia estimular a economia exactamente como o fez durante os 16 anos anteriores ao presente.
Chega a ser cómico ver comunistas a defenderam teorias Keynesianas... o economista que salvou o capitalismo no fim da Grande Depressão.
A saída será estreita e difícil e ainda é cedo para dizer que a política actual não é a adequada.


De Marco a 22 de Fevereiro de 2012 às 10:06
Bom dia Paulo.

Eu acho que não é cedo, basta ver este 2.º empréstimo à Grécia, justificação mais do que suficiente para perceber que a política está errada, ou grande parte dela.

Eu sou um sonhador, e qual o meu sonho, que as pessoas percebam que um bom gestor é aquele que saiba aplicar todas as boas medidas vindas de todos os quadrantes políticos, sem jogos de interesse, sem a mesquinhez partidária, sem a ideologia de que eu sei tudo e os outros nada, sou um sonhador....

:)


Comentar post