De Paulo Sousa a 23 de Janeiro de 2013 às 20:06
Lembram-se de quando as taxas ultrapassaram os 7% e só a teimosia do então PM adiou e agravou o problema?
Hoje o estado português regressou aos marcados, antes do prazo previsto e com um taxa inferior a 4,9%. A procura ultrapassou em muito o valor da operação.
São boas noticias para o país mas deixa triste a brigada do 'quanto pior melhor'. Quem não ficar surpreendido diga olé.
Olé.


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.