De Eduardo Louro a 29 de Junho de 2010 às 12:43
Sou dos que Queirós tinha convencido, faço parte daquela imensa maioria que aplaudiu o seu regresso à selecção. Mas também faço parte dos que se desiludiram e que hoje estão muito longe de estar convencidos. Apesar disso, e de me parecer que o seu actual discurso optimista se baseia exclusivamente no que considera ter sido a sorte de apanhar a Espanha - a eliminação às mãos da Espanha será sempre desculpável - aplaudo a jogada psicológica da chamada de François Pienaar. Não sei se resultará, mas é bem pensada.
A sua história mítica, imortalizada em Invictus, terá salvado um país. Diz-se que ganhou muito mais que um campeonato do mundo, ganhou um país...
Mas aí o treinador era o melhor do mundo: Mandela!


De Paulo Sousa a 29 de Junho de 2010 às 21:25
Alivia pensar que a contestação ao governo irá aumentar nos próximos dias.


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.