Actualidade e lugares
Segunda-feira, 31 de Janeiro de 2011
Pirenéus - Andorra

 

Imagem frequente numa travessia dos Pirenéus. Visíveis são também as 'cercas' anti-avalanche na encosta.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Domingo, 30 de Janeiro de 2011
Espanha, Vale de los caídos II

 

Imagem do interior da Basílica de la Santa Cruz del Valle de los Caídos.

 



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Sábado, 29 de Janeiro de 2011
Espanha, Vale de los caídos

 

Bem perto do El Escorial pode visitar-se o Vale de los caídos. Apesar de ser um templo religioso, todo o complexo monumental, que inclui também uma abadia, é um ícone do Franquismo em Espanha. O ditador pretendeu homenagear os mortos na Guerra Civil mas a sua construção foi realizada em grande parte por prisioneiros do regime, o que fez deste espaço um símbolo da repressão da ditadura. A sepultura de Francisco Franco encontra-se dentro desta Basílica, ali bem perto das tumbas dos reis de Espanha.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2011
Espanha, El Escorial

El Escorial, Espanha. Um lugar cheio de história, onde estão sepultados os reis de Espanha, como é o caso dos Filipes de má memória para Portugal.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2011
Epifanias

Sabem quantos países com governo socialista restam agora em toda a União Europeia?

 

Três.

Grécia, Portugal e Espanha !!

 

 

 

 

"o socialismo dura até se acabar o dinheiro dos outros"

Margaret Thatcher

 

 

recebido por mail.



publicado por Paulo Sousa às 23:00
link do post | comentar | favorito

Juncal 450 anos

 

 

 

Partilho convosco o texto que lavrei no Livro de Honra das celebrações dos 450 anos da Freguesia do Juncal.

 

"Gosto de imaginar todos os nossos antepassados sentados numa assembleia a avaliar o nosso dia-a-dia.

Imagino-os a observar as nossas acções com compreensível interesse, pois tudo o que foram e conseguiram está hoje nas nossas mãos. A responsabilidade não é pequena.

Foi com este pensamento que me vi envolvido na organização das comemorações dos 450 anos da Freguesia do Juncal.

Apesar do peso da responsabilidade em homenagear devidamente os que nos antecederam, foi um enorme prazer ter pertencido ao núcleo da comissão informal que se constituiu. Sem ter dúvidas de que o lugar onde vivemos é uma parte do que somos, ao longo deste ano celebramo-nos também a nós próprios e aos laços que nos unem.

Para o futuro ficam as efémeras memórias da espontaneidade com que toda população se envolveu e colaborou em todas as iniciativas, mas fica também a fonte do Largo de São Miguel que os juncalenses quiseram reposta no centro da sua terra. Deixar perdê-la é deixar perder a nossa memória, o que não é aceitável. Será um dia possível recuperar as pedras originais em falta? Seria bonito.

Foram muitos os que sugeriram repetir algo idêntico no 500º aniversário, mas essa ideia é demasiado distante, até porque celebrar os nossos antepassados, as nossas tradições e a nossa identidade deve de ser feito com mais frequência, de preferência todos os dias."


tags:

publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2011
Sobre os cortes do financiamento das escolas privadas

O assunto nacional com maior cobertura mediática de ontem foi o protesto das escolas privadas contra os cortes no financiamento decididos pelo governo. Os 110.000 eur anuais por turma serão reduzidos para 80.000 eur, o que corresponde a uma diminuição (ou deverei dizer variação negativa?) de 27%. Em consequência disso algumas escolas irão fechar, mas não todas.

Questionei-me se a redução do financiamento das escolas públicas será da mesma proporção. Não acredito. O instinto de auto-preservação de Sócrates não lhe permite beliscar a coutada do Sr. Nogueira. Não foi bem sucedido quando estava em maré alta e muito menos o seria agora.

Se todo o universo escolar funcionasse em regime idêntico aos dos estabelecimentos que agora protestam, as vantagens orçamentais seriam imensas. A despesa com a educação seria flexível e, lembrando que nove das dez melhores escolas nacionais são privadas, a qualidade do ensino seria superior. Seria o melhor dos dois mundos mas isso colocar-nos-ia numa sociedade neo-liberal. Deus nos livre de semelhante desgraça.

Na conferência de imprensa que deu hoje, a Ministra Alçada, talvez num deslize irreflectido, verbalizou uma ideia que apesar de não ser surpreendente acabou por ser interessante por confirmar um preconceito mal disfarçado.

Segundo nos informou, os valores até agora transferidos permitiam que algumas das escolas «obtivessem elevadas margens de lucro». Lá está, o lucro, o 'mau da fita', o demónio da sociedade socialista. Temos de nos unir para destruir esse monstro.

Nisso o governo é bem sucedido. Estamos quase lá.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 25 de Janeiro de 2011
Recortes da Blogosfera

"Houve muitos derrotados nas presidenciais de ontem. Mas gostava de destacar uns em particular: a ala do Bloco de Esquerda que sonha com o poder. Uma franja, que até ocupa um espaço considerável no panorama mediático, cujos objectivos passam objectivamente pela partilha de poder com o Partido Socialista. Sem nunca o admitirem em público, tudo fizeram para esta convergência (falhada) da esquerda em redor de Manuel Alegre, já a pensar numa futura coligação entre o BE e o PS pós Sócrates. O que os resultados de ontem colocaram em evidência é que esta coligação, além de contra-natura, não tem hipóteses de sucesso eleitoral em Portugal. A esta malta do BE nada mais lhes resta senão o caminho, que alguns até já têm trilhado, de abandono do BE e aproximação do PS."

 

Recortado do 31 da Armada, post de Nuno Gouveia



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011
França - Alpes Maritimes - Ramatuelle II

 

O Rosé é inesquecível e a companhia foi fantástica.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Domingo, 23 de Janeiro de 2011
França - Alpes Maritimes - Ramatuelle

 

Ali bem próximo da Côte d'Azur, Ramatuelle, um recanto quase paradisíaco.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Sábado, 22 de Janeiro de 2011
Em período de reflexão

 

 

 

Hoje é dia de reflexão. Amanhã é um dia em que os portugueses deveriam sentir alegria pelo exercício de um direito pelo qual se lutou durante décadas e, em alguns lugares do mundo ainda se luta. É pena mas encontramos mais facilmente cepticismo, desilusão e medo do que alegria.

Pelo contacto que tenho com um segmento específico e bem conservador dos portugueses, ouvi apenas falar em eleições pela boca de uns poucos, dos quais destaco duas fortes referências ao voto em Cavaco pelo medo dos outros, dos comunistas, dos radicais, da esquerda em geral. E não valeu a pena lembrar a facilidade com que aceitou a lei dos casamentos gay pois a resposta foi pronta: os outros fariam pior.

O conceito de auto-infalibilidade que Cavaco tem de si próprio, que quando se distrai o faz apresentar-se como uma espécie summit da evolução do homo politicus, é serôdio e idiota. Claro que numa segunda volta também eu votaria Cavaco contra o resto da esquerda, e digo 'resto' pois ele é também parte dela. Mas as sondagens garantem-nos que não vale a pena votar nele, pois já ganhou. OK, não leva o meu voto.

Posto isto, resta-me o voto irresponsável num dos restantes dworfs que constam no boletim de voto ou o ineficaz voto em branco.

Confesso que há algo na figura de Fernando Nobre que merece uns minutos de reflexão pré-eleitoral. Chega às eleições vindo de fora da partidocracia, não é fluente no politiquês, tem uma vivência internacional como nenhum outro candidato, foi ostracizado pelos media que gosta de gozar com os cromos (clarifico que todos estes pontos são para mim uma vantagem) mas tem um óbice tremendo... é um activista. Ter um activista como Comandante Supremo das Forças Armadas é algo assustador.

Talvez por culpa dos jornalistas que nunca ousaram perguntar-lhe, Nobre nunca nos informou o que pensa da NATO, nem do papel das nossas forças armadas no seu âmbito. Claro que nenhum dos outros candidatos foi confrontado com essa questão, mas à excepção de Alegre que está encravado entre o PS e o BE, a resposta de qualquer dos restantes candidatos seria previsível.

Talvez em jeito de uma epifania irreflectida, dei por mim a reparar que, da mesma forma que Cavaco não necessita do meu voto, este também não será suficiente para que Nobre ganhe. Além de que, confesso, há um cenário que amanhã me deixaria Alegre: ver Nobre como o segundo mais votado.

O melhor é ir votar cedo antes que isto me passe.



publicado por Paulo Sousa às 23:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

França - Alsácia III

 

As influências germânicas desta parte de França são óbvias.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011
França - Alsácia II

A Alsácia foi uma região disputada entre a França e a Alemanha ao longo da história e tem por isso influência dos dois países.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2011
França - Alsácia

 

Seguindo para sudeste parámos já na Alsácia, na muito bonita cidade de Colmar.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011
Reino Unido - Londres III

 

Trafalgar Square, que homenageia Lord Nelson, vencedor da Batalha de Trafalgar contra a armada de Napoleão.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 18 de Janeiro de 2011
Reino Unido - Londres II

 

Tower Bridge



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011
Reino Unido - Londres

De regresso ao sul, arriscamos a meter a Renault Kangoo no estranho trânsito londrino. Picadilly Circus na imagem.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Domingo, 16 de Janeiro de 2011
Reino Unido - Stonehenge

 

Stonehenge, um santuário do turismo de massas.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Sábado, 15 de Janeiro de 2011
Reino Unido - Inglaterra

 

De regresso a Inglaterra. Canal construído durante a Revolução Industrial.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 14 de Janeiro de 2011
Recortes da blogosfera e da imprensa

"Se o FMI viesse pagaríamos uma taxa de juro mais baixa e teríamos a certeza que as medidas de austeridade seriam aplicadas de forma rigorosa e produziriam efeitos positivos. Mas o Primeiro Ministro ficaria coberto de vergonha. Se pagarmos com taxas mais altas para o FMI não vir, salvamos a face de José Sócrates."

 

Recortado daqui.

 

Interessa comparar com este excerto do Público.

 

"Os custos do Governo com a dívida pública devem atingir este ano os 7100 milhões de euros, mais do que o Estado gasta, por exemplo, com todo o Ministério da Educação. A escalada das taxas de juro nos mercados internacionais está a pressionar as contas e vai fazer Portugal gastar, este ano, mais 808 milhões de euros do que aquilo que se previa no Orçamento do Estado (OE). Este valor equivale a quase toda a poupança que o Governo vai obter com o corte de cinco por cento na massa salarial da função pública ou a 80 por cento das receitas extraordinárias decorrentes do aumento do IVA."



publicado por Paulo Sousa às 13:00
link do post | comentar | favorito

Reino Unido - País de Gales XIV

 

Rumo a Cardiff, País de Gales



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 13 de Janeiro de 2011
Reino Unido - País de Gales XIII

 

Parque Nacional de Snowdonia, North Wales.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 12 de Janeiro de 2011
Reino Unido - País de Gales XII

 

Parque Nacional de Snowdonia, North Wales.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 11 de Janeiro de 2011
Recortes da imprensa

 

 

 

Insecurity Council

 

Para países pequenos, a eleição para um dos 10 assentos não permanentes  no Conselho de Segurança da ONU é uma oportunidade única para terem uma palavra importante nos maiores debates políticos mundiais. É o equivalente diplomático a passar-se das ligas secundárias para a Super Liga. E não é só uma vitória política: estudos mostram que os membros temporários do Conselho de Segurança recebem 59% mais assistência dos EUA dos que aqueles que não são membros e têm 20% mais de probabilidade de receberem ajuda do FMI durante o seu mandato de dois anos e nos anos seguintes. (...)

 

Joshua E. Keating, Foreign Policy



publicado por Paulo Sousa às 20:00
link do post | comentar | favorito

Reino Unido - País de Gales XI

 

Parque Nacional de Snowdonia, North Wales.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2011
Recortes da imprensa

 

O jornal norte-americano “The New York Times” elegeu Guimarães como um dos 41 destinos a visitar este ano, considerando a cidade minhota “um dos pontos culturais emergentes da Península Ibérica”.

 

O jornal publicou uma reportagem sobre locais passíveis de levar turistas ao “fim do mundo”, selecionando 41 locais, desde praias no México às montanhas do Kosovo, passando por Londres, Singapura, Milão e Guimarães, entre outras cidades e locais de todo o mundo.

 

No artigo, o jornalista refere que Guimarães, cidade berço da nação, é Património Mundial da Humanidade e foi escolhida para Capital Europeia da Cultura em 2012.

 

Adianta que metade dos habitantes de Guimarães é constituída por jovens e considera que a abertura do Centro Cultural Vila Flor, em 2005, foi fundamental para lançar a música e a arte na cidade.

 

O artigo destaca ainda a realização, em Março, do primeiro Festival Internacional de Dança Contemporânea, “trazendo uma seleção impressionante de companhias de dança de todo o mundo”.

 

recortado do Público



publicado por Paulo Sousa às 22:00
link do post | comentar | favorito

Reino Unido - País de Gales X

England&Walles2002 10

 

Entrada doParque Nacional de Snowdonia, North Wales



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Domingo, 9 de Janeiro de 2011
Sobre o escândalo do BPN

 

Os socialistas portugueses estão escandalizados com o benefício obtido por Aníbal Cavaco Silva num investimento realizado no BPN, o que num país que demoniza o lucro até nem surpreende.

Sabem mas querem ignorar, que a compra de acções fez parte de uma carteira de investimento que incluía a compra de outros títulos de capital.

Sabem mas querem ignorar, que o escândalo do BPN chegou a valores que ainda desconhecemos em detalhe devido a graves falhas da supervisão do BdP. Não lhes interessa que isso seja lembrado pois ninguém deixa de associar as relações entre o ex-Governador Vítor Constâncio e o partido no poder.

Sabem mas querem ignorar, que se a nacionalização que o governo decidiu, num acto de um voluntarismo temerário inédito, se limitasse ao BPN e excluísse a SLN, os cinco mil milhões de euros a que ascenderá o buraco seriam limitados um valor cerca de dez vezes menor.

Sabem mas querem ignorar, que as 90.000 crianças que previsivelmente nascerão em 2011 em Portugal, têm 500€ de dívida como prenda do governo PS, sendo que este valor se refere apenas ao buraco do BPN. Será um cheque-bebé, mas ao contrário.

Não sabem e nem querem saber, que se continuam a falar muito do BPN, eu que não iria votar Cavaco, talvez eu mude de ideias e ainda o venha a fazer.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Sábado, 8 de Janeiro de 2011
Reino Unido - País de Gales IX

 

Os telhados de Conwy.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 7 de Janeiro de 2011
Reino Unido - País de Gales VIII

 

Mais uma vez Conwy e a ponte ferroviária junto ao Castelo.



publicado por Paulo Sousa às 08:00
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
O autor

últ. comentários
Obrigado Laura,Apenas aqui poderia ter chegado pel...
magnífico texto.Cheguei aqui através do "Delito".
Lembram-se de quando as taxas ultrapassaram os 7% ...
Se o discurso do sr burlão da ONU fosse de apoio a...
Um título alternativo: "A realidade não é uma cons...
arquivos

Maio 2018

Abril 2018

Dezembro 2017

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Julho 2015

Janeiro 2015

Novembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

links
Leitura em curso


O Futuro e os seus inimigos

 

de Daniel Innerarity

 

Um livro que aposta numa política do optimismo e da esperança numa ocasião em que diminui a confiança no futuro. Boa parte dos nossos mal-estares e da nossa pouca racionalidade colectiva provém de que as sociedades democráticas não mantêm boas relações com o futuro. Em primeiro lugar, porque todo o sistema político, e a cultura em geral, estão virados apenas para o presente imediato e porque o nosso relacionamento com o futuro colectivo não é de esperança e projecto mas de precaução e improvisação. Este livro procura contribuir para uma nova teoria do tempo social na perspectiva das relações que a sociedade mantém com o seu futuro: de como este é antevisto, decidido e configurado. Para que a acção não seja reacção insignificante e o projecto se não converta em idealismo utópico, é necessária uma política que faça do futuro a sua tarefa fundamental

 


Teorema

 


 

 




 

Cachimbos: Marcas, Fabricantes e Artesãos

 

 

de José Manuel Lopes

 

 

 

O mais completo livro sobre cachimbos, da autoria do jornalista José Manuel Lopes, presidente do Cachimbo Clube de Portugal. Profusamente ilustrada, esta obra a que poderíamos chamar enciclopédica, dá-nos ainda em anexo uma completíssima lista de clubes e associações do mundo inteiro e dos seus sites.


Quimera

tags

25 abril(4)

31 da armada(2)

albergue espanhol(2)

alemanha(8)

alpes-maritimes(2)

alsacia(2)

andorra(2)

angola(12)

ano novo(3)

antuerpia(3)

asseio(4)

auschwitz(5)

austria(3)

be(3)

belgica(3)

berlim(8)

blasfemias(12)

blogs(8)

cachimbo de magritte(5)

california(11)

canterbury(3)

cinema(2)

coast to coast(79)

colmar(3)

constituição(3)

copenhaga(3)

corta-fitas(6)

crise(14)

cristianismo(2)

d day(4)

daniel innerarity(3)

delito de opiniao(8)

democracia(9)

desporto(4)

dinamarca(4)

direita(4)

eleiçoes(7)

emigraçao(2)

ensino(7)

escocia(10)

espanha(6)

esquerda(7)

estado(4)

eua(85)

europa(9)

expresso(4)

facebook(3)

filatelia(26)

filosofia(3)

fmi(7)

forte apache(3)

frança(27)

futebol(11)

futuroscope(6)

governo ps(64)

governo psd(4)

grand canyon(4)

imagens(213)

inglaterra(3)

inter rail(38)

irao(15)

islão(4)

jornal de leiria(5)

jornal i(3)

juncal(11)

justiça(4)

las vegas(8)

liberalismo(5)

liberdade(12)

londres(3)

madeira(3)

moçambique(3)

monte s michel(5)

natal(4)

omaha beach(4)

orçamento(6)

overprint(3)

pais de gales(13)

paris(3)

polonia(6)

portugal(13)

ppc(6)

praga(5)

presidenciais(3)

ps(12)

psd(14)

publico(7)

recortes(55)

reino unido(44)

rep checa(5)

route66(5)

rugby(5)

san francisco(5)

sindicatos(3)

socialismo(47)

socrates(72)

suiça(7)

teerao(13)

ue(6)

yorkshire(8)

todas as tags